11 de fevereiro de 2011

THE CURVE OF FORGOTTEN THINGS BY RODARTE

O curta The Curve of Forgotten Things me deixou ainda mais apaixonada pela Rodarte. Incrível! Sem palavras! Brilhante! Resumo tudo o que penso sobre o fime nessas três palavrinhas citadas anteriormente.

Destaque para a fivela usada no cabelo e para o comprimento das saias (mid), duas mega tendências para serem usadas now!







Eu sou apaixonada por moda assim como sou apaixonada por artes e literatura. Acredito que essas linhas são tênues e qualquer pessoa que ame uma dessas artes involuntariamente ama as outras e nessas outras eu ainda incluo música, fotografia e cinema. O bacana é que tenho visto cada vez mais a junção de tudo em uma única coisa, um mesmo olhar por vários modos. O que torna alguém inspirador é o olhar, o modo como você é capaz de ver uma coisa simples por uma visão mais ampla.

Tenho um pensamento formado sobre moda (no sentido mais profundo da palavra), ela não é para todos. Existem roupas e existe o significado por trás das roupas que é muito mais complexo e quase uma mensagem subliminar, o que está por trás daquilo que você vê é o que você sente, vai além da imagem. Esse blog é um blog de inspiração, é o tipo de blog que eu gosto de ler e é exatamente por isso que ele é assim.

Quando todo mundo está usando determinada peça eu corro dela pois sei que essa peça ou tendência já está no fim do ciclo. O início do ciclo é justamente o oposto, usar o que ninguém está usando (ainda) e é por esse início do ciclo que eu sou apaixonada e foi essa paixão que me fez perceber em que área eu realmente quero atuar. Não esperem que esse blog fale a mesma coisa que todos os blogs falam, eu não vejo novela, nem sei quem é quem no BBB, mas também não julgo quem vê. Esse blog é uma versão fiel da minha personalidade, ele é preto e branco, simples e complexo como a dona.

Então, vamos ao curta!

VEJA TAMBÉM

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...